Pages

terça-feira, abril 21, 2009

Sobre o Mouse

mouseEmbora tenha sido inventado por Bill Enghlish, a sua patente pertence a Douglas Engelbart, com a patente nr. 3.541.541 nos EUA no ano de 1970.

Engelbart apresentou este periférico pela primeira vez em 9 de dezembro de 1968 denominando-o de “XY Position Indicator For A Display System”. Constituía-se então em uma pequena caixa de madeira com apenas um botão. O invento de Engelbart ficou sem ser muito utilizado devido a falta de necessidade do mesmo. Afinal a maioria dos computadores utilizavam apenas textos sem cursores na tela.

A partir da primeira metade da década de 1980, mais precisamente em 1983, a Apple passou a utilizar o mouse como dispositivo apontador em seus micros Apple Lisa. De de lá para cá o periférico tornou-se parte integrante dos atuais PCs.

O Windows da Microsoft foi criado à volta dele e navegar na Internet seria impossível sem o mouse. Pode-se dizer que a partir do lançamento do Windows 3.1, em abril de 1992, o lugar do mouse estava assegurado.

Na época Douglas Engelbart vendeu a patente do “X-Y Position Indicator” (rato/mouse) por US$ 10.000 (imagina se ele soubesse o quando dependemos do mesmo hj em dia =P)

Em 10 de abril de 1997, Engelbart recebeu em Washington o prêmio Lemelson-MIT de US$ 500 mil, um dos principais prêmios do mundo para inventores.

Nesses trinta e tantos anos com mouse, a evolução do mesmo não foi grande. Na verdade isto é um atestado de genialidade a Douglas Engelbart.

Ordem cronológica as mudanças:

1. Esfera: Ganhou uma esfera, para que pudesse transmitir com mais precisão os movimentos.
2. Trackball: Inventa-se o trackball, um mouse de “cabeça para baixo”. Os movimentos são conseguidos usando-se o polegar diretamente na esfera. Algumas pessoas se sentem mais à vontade com o trackball do que com o mouse (eu infelizmente não dei conta de acostumar com ele)
3. Sem fio: A opção de não ter mais um fio entre o mouse e o micro. O mouse sem fio envia as informações para a base e esta se encarrega de passar para o computador as informações.
4. Ergonomia: Tanto os mouses como os trackballs passam a ter desenhos mais ergométricos, se adaptando mais aos usuários
5. Scroll: Roda usada para rolar a tela.
6. Óptico: A esfera desaparece e todo o conjunto mecânico que era responsável pela leitura do movimento passa a ser óptico. O sistema óptico, emite um feixe que “lê” em até 2000 vezes por segundo a superfície. Através desta leitura é que é detectado o movimento.

Nenhum comentário:

Divulgue seu produto ou serviço de maneira rápida, objetiva e eficiente no BLOG do FELIPE.


Publique seu anuncio, produto,serviço etc... em nosso BLOG que está tendo mais de 500 visitas por dia entre em contato com o
BLOG DO FELIPE.

È necessário uma conta no pagseguro para efetuar o pagamento ou por deposito bancario.

segue dados aqui:



Banco - 237
(Bradesco)
Agência - 0325
Conta Poupança - 0113585- 6


Itaú

Agência- 8237

Conta- 1539 - 0

Nome - Andre Felipe Idiarte


o valor é R$ 5,00 Reais cada semana, se alguem estiver interessado entre em contato com meu e-mail :

john18lennon@gmail.com

Contribua você Também... Ajude o blog a Permanecer Online!!

PEQUISAR

MURAL de RECADOS

FELIPE CULT Headline Animator